A Sony divulgou nessa quarta feira (20), uma nova game play de The Last Of Us Part 2, em que podemos ver mais sobre a movimentação de Ellie, combate, cenários e outras mecânicas de jogo.

No vídeo, também vemos Niel Druckmamm, diretor do estúdio, Anthony Newman, codiretor do jogo e Halley Gross, chefe de narrativa, comentando um pouco sobre como desenvolveram a história do game.

Mecânicas e jogabilidade

Na gameplay divulgada, vemos que agora Ellie terá a opção de se deitar e rastejar,  como em jogos de guerra. A nova opção trará a possibilidade de nos escondermos em baixo de caminhões, carros ou espaços menores, para fugirmos dos inimigos que, dessa vez, possuem a inteligência artificial aprimorada, tendo a possibilidade, inclusive, de nos procurarem embaixo de carros à nossa procura.

Além disso, teremos novamente itens espalhados pelo cenário, com os quais Ellie poderá interagir para criar tudo o que precisar para sobreviver e progredir no jogo. Retirar flechas de mortos e coloca-las em seu inventário também será uma opção interessante na coleta de itens. 

Sony divulga nova gameplay de The Last Of Us.

A possibilidade que teremos de pular com a personagem nos abrirá um leque maior de opções de movimentação pelo game. Durante a gameplay, também pudemos observar inimigos utilizando cães para encontrar e perseguir a protagonista, o que aumentará ainda mais a opção de inimigos que teremos que enfrentar.

>>  Sony revela logo do PS5 durante a CES 2020

Apesar de Ellie ter crescido, ela está com 19 anos no começo do game, ela possui um corpo pequeno e frágil. Mesmo assim, ela terá que enfrentar inimigos maiores que ela e, muitas vezes, munidos com armas pesadas como picaretas, por exemplo.

O papel de Dina ao lado de Ellie

Ao mesmo tempo, o vídeo também nos mostra Ellie sendo acompanhada por um longo período por Dina. O que tudo indica é que, pelo menos por um tempo, Dina acompanhará Ellie e a auxiliará a personagem em diversas situações, assim como Ellie auxiliava Joel no primeiro game, mas com a vantagem de que Dina não exita ao ter que atirar e matar inimigos.

Apesar disso, não fica claro se, em algum momento, chegaremos a controlar Dina. Os ataques furtivos ganham ainda mais força, com o uso de arco e flecha por Ellie para abater inimigos a longa distância sem emitir ruídos causados pelas armas de fogo.

Sony divulga nova gameplay de The Last Of Us.

Por fim, o game será extremamente focado em mostrar todos os aspectos das consequências geradas pelas escolhas de Ellie. Ela terá que arcar com essas consequências, que a levarão a trilhar um caminho de extrema violência.

>>  The Last Of Us 2 recebe classificação etária

O medo de Neil Druckmamm

De acordo com Neil Druckmamm, um de seus maiores medos era estragar todo o universo e a experiência já criados na primeira parte do game. Segundo ele, quando se faz algo grandioso, o risco de voltar e estragar tudo o que já foi feito é muito grande.

Dessa forma, o estúdio focou-se em criar uma história que tivesse grande peso e significado por si só. A necessidade de criar uma história nova, sem deixar de lado a primeira, foi o grande desafio. 

Segundo ele, sua maior preocupação era honrar Joel e Ellie e toda a trajetória dos protagonistas. Por isso, agora podemos ver uma Ellie que amadureceu, criou laços com outras pessoas, e um Joel que deixou de ser um contrabandista e assassino para viver tranquilo em uma comunidade pacata.

The Last Of Us chega em 19 de junho para Playstation 4.

author image

Fernanda Tavassi

Paulistana residente em Foz do Iguaçu, apaixonada por games e animes!

See all author posts

Comentários