Em uma entrevista ao site Eurogamer, a Sega revelou que pediu para que 650 funcionários que trabalham para a empresa especificamente na região japonesa, pedissem demissão voluntariamente. Esse pedido veio após a redução do salário dos principais executivos em até 30% até março de 2021, que também não receberão a participação nos lucros de 2020.

As medidas estão sendo tomadas para diminuir os problemas financeiros que se agravaram muito após o impacto causado pela pandemia do Covid-19. A Sega já vinha sentindo um declínio nas vendas ano a ano, que se intensificaram durante a atual situação global.

Apesar da crise, a empresa reforçou que essas são medidas que estão sendo tomadas apenas no Japão, e não afetarão os negócios da Sega na região Oeste do planeta, onde diversos desenvolvedores estão localizados, como os desenvolvedores do Football Manager Sports Interactive, da Total War Creative Assembly e o estúdio da Company of Heroes Relic Entertainment.

Os funcionários que aceitarem fazer o pedido de demissão voluntário receberão o auxílio da empresa para recolocação no mercado.

Para ficar por dentro de tudo que chega Atacado Games, acesse nosso site, atacadogames.com. Para acompanhar todas as novidades fique ligado nos nossos perfis no Facebook e Instagram.

Share:
author image

Fernanda Tavassi

Paulistana residente em Foz do Iguaçu, apaixonada por games e animes!

See all author posts

Comentários