Após 6 anos do lançamento da atual geração de consoles da Sony, o Playstation 4, e 3 anos do seu “upgrade”, o PS4 Pro terem sido lançados, a Sony confirma que sua próxima geração de consoles chegará no final de 2020, junto às datas festivas de fim de ano, e se chamará oficialmente Playstation 5. O novo console da empresa japonesa desa vez não será uma versão melhorada, mas sim um console completamente novo, e com muito mais poder de processamento e diversas novidades.

Hardwares

Uma dessas novidades é que o tradicional HD vai ser substituído pelo SSD, nesse caso, uma versão aprimorada para jogos, com foco na redução de tempo de carregamento de telas e streaming de conteúdo, o que vai diminuir drasticamente ou em alguns casos até acabar com as tedas de loading. O processador será um AMD Zen 2 com 8 núcleos trabalhando junto com uma GPU Radeon Navi, da AMD, que virá com suporte a tecnologia Ray tracing, onde as sombras e reflexos são projetados de forma muito mais realista e em tempo real, transformando o jogo em uma experiência gráfica fascinante. A Sony não informou quanto o console terá de memória RAM, mas já sabemos que suportará resolução máxima até 8k e taxa de quadors de 120 fps, além do suporte ao VR ser mantido, apesar de não ter sido informado se o atual óculos de realidade virtual da Sony será compatível com o PS5 ou se teremos que utilizar um novo modelo.

Dualshock 5

Um novo Dualshock virá junto do novo console, vem com muitas novidades. A primeira delas é que o tradicional USB agora dará lugar os USB-C, e a conexão sem fio não será mais via Bluetooth, e sim via WI-FI. Isso porque a Sony pretende competir com o Google Stadia e investir pesado no serviços de jogos via stream. A nova patente registrada do Dualshock 5 seguere conexão direta entre os comandos do controle e os servidores da sony, que armazenarão os jogos na núvem. Além disso, O controle também virá com gatilhos adaptativos, que o usuário poderá customizar para que, quando pressioná-los, terá a sensação gradativa e suave como um acelerador de um carro, ou um forte solavanco, como o gatilho de uma arma, por exemplo. Um novo feedback háptico também dará lugar ao rumble existente na versão anterior. A intenção é passar ao jogador sensações diferentes em acontecimentos diferentes, como, o modo de bater o carro em uma parede terá uma sensação diferente de se derrubado em uma partida de futebol, de acordo com a resposta que o controle oferecerá. Ele também virá com uma autonomia de bateria maior que seu antecessor, mas será mais pesado.

Assistente virtual para jogos

Uma assistente virtual revolucionária também virá junto dessa nova geração de consoles da Sony. Revolucionária porque ela vai interagir muito além do que já estamos acostumados em relação as assistentes virtuais que temos nos nossos smartphones, por exemplo. Durante o jogo, o player poderá perguntar ao Playstation Assist, qual a fonte de saúde mais próxima em determinado jogo, e o assistente indicará no mapa, por exemplo, ou então solicitar uma solução para determinada situação no game. O assistente irá analisar os dados do jogo, procurar soluções e retransmitir ao utilizador.

Retrocompatibilidade

A retrocompatibilidade já era confirmada pela Sony para o PS5, mas novos rumores indicam que ela irá mais longe do que esperávamos. Alguns rumores surgiram quando um insider denominado PSEbreus postou no Twitter uma menção para que os jogadores do Playstation não se desfaçam de seus jogos antigos, relacionados a outras versões do console. Essa menção tomou mais força ainda após o jornalista do Vice, Patrick Klepes, em um podcast na Waypoint Radio, comentou que a retrocompatibilidade do PS5 pode ser ainda mais abrangente por se tratar de um lançamento baseado na história do console.

Já sabemos que a Sony vem tentando emplacar o Playstation Now e o novo console da empresa virá com suporte ao serviço. A Sony, que recentemente adicionou jogos como God of War, Uncharted 4 e GTA V na lista, tem investido pesado em melhorias e aprimorado o serviço para que o jogador tenha uma experiência cada vez melhor ao utilizá-lo.

O novo console da Sony vai nos entregar uma experiência muito mais fluída, imersiva, e intensa de tudo o que já nos foi entregue até aqui. Processamento muito mais rápido e o fim das telas de loading irão fazer com que nosso interesse no jogo não diminua, e os gráficos, muito mais realistas e bonitos, nos mantenham sempre com desejo de jogar mais. Além da possibilidade real de jogarmos via streaming direto dos servidores da sony, com latência drasticamente reduzida, e até mesmo jogarmos classicos Gran Turismo 4, driver, e outros, quem sabe, se a retrocompatibilidade se estender tanto mesmo. Por enquanto a Sony não anunciou quais jogos virão junto da nova geração, então ainda temos um longo caminho de expectativas e ansiedade para administrarmos pela frente!

author image

Fernanda Tavassi

Paulistana residente em Foz do Iguaçu, apaixonada por games e animes!

See all author posts

Comentários